Publicado em

7 dicas para não ter problema depois de comprar um iPhone

gato-por-lebre-fanpage-juniordoiphone

Ao comprar um iPhone (principalmente usado) é necessário tomar algumas precauções para ter a certeza que não vai te dar dor de cabeça depois, é muito importante tirar todas as suas dúvidas com relação ao produto.

Aqui vai algumas dicas para como forma de minimizar as chances de comprar um iPhone de procedência duvidosa (roubo/furto) ou com problema:

1- Desconfie de valores muito a baixo do mercado:

Uma coisa é certa, ninguém faz milagre! O que pode ocorrer é você encontrar uma diferença de R$50 a R$200 reais de um vendedor para o outro (não estou falando da loja Apple, já que alguns produtos lá são vendidos a R$2800 – R$3000 e em outros locais podem ser encontrados por R$2200 em média).

Faça uma pesquisa, por exemplo se a maioria das pessoas vendem iPhone 5s de R$2300 a R$2000 e você encontra um vendedor anunciando a R$1500 um 5s lacrado?! Pera ai, com certeza tem algo MUITO estranho nesta história. Recentemente houve um anuncio patrocinado em uma rede social anunciando como se fosse a Ponto Frio (já vi também como Ricardo Eletro) um iPhone 5s super barato, mas o site era falso e a intenção era roubar os dados do cartão de crédito.

Tem também aquele “velho” anuncio de Smatphone “estilo” 5s com android.

Smartphone "estilo" 5s
Smartphone “estilo” 5s – Foto ilustrativa

2- Retirar em mãos:

Sempre dê prioridade a retirada em mãos do produto, caso não seja possível tenha sempre referências do vendedor.

3-  Bloqueio iCloud:

Como hoje o índice de gente vendendo produto proveniente de roubo/furto está aumentando fique atento a isso. Graças ao iOS 7 há um mecanismo que se o iPhone for roubado/furtado o antigo dono consegue bloquear e só tem acesso ao aparelho se digitar o ID e Senha do iCloud. Portanto NUNCA compre um iPhone bloqueado por iCloud porque não tem como fazer o desbloqueio sem contar que isso pode dar um problema enorme já que pode ser rasteado.

4- Restaure o aparelho:

Ao comprar um iPhone usado, na frente do vendedor faça a restauração do aparelho (Ajuste – Geral – Redefinir – Apagar todo o conteúdo ou ajuste), pois se o antigo dono restaurou sem colocar o iCloud, depois da restauração vai pedir o iD e a Senha do iCloud que era usado anteriormente, caso não informe não terá como usa-lo.

5- Local de retirada:

Caso o vendedor não tenha loja física SEMPRE faça a retirada em um local movimentado, como Shopping, e nunca perto da porta. Isso é uma segurança tanto para você quanto para o vendedor.

6- Teste os componentes:

Assim que pegar o produto usado teste os componentes, como botão power e home, confira se o wifi está funcionando, observa a sensibilidade da tela e se o sensor de proximidade esta funcionando (lembrando que aparelhos mais antigos, como iPhone 4 e 4s, a tela demora um pouco a pagar quando você coloca o aparelho no ouvido, já que é um aparelho um pouco mais lento que os demais).

7- Referências do vendedor:

Sempre pegue referência do vendedor isso é muito importante. Hoje nós trabalhamos com muitos clientes por indicação, mas quando chega um cliente novo temos a opção dele ter nossa referência conferindo a página no Facebook (Grupo e Fanpage: Junior do iPhone), este Blog e até mesmo nosso Site (juniordoiphone.com.br).

 

Lembrando sempre de tirar todas as duas dúvidas com o vendedor, ele só pode responder se você perguntar. Se tomar as precauções necessárias não há com o que se preocupar! E lembre-se: O barato as vezes sai MUITO, mas MUITO caro!

Tem alguma dúvida ou sugestão?! Entre em contato.

Conheça nossa loja virtual JUNIOR DO IPHONE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *