Publicado em

Apple em 2014; confira a trajetória e acontecimentos da empresa durante o ano de 2014

Compra da Beats;

compra-beats-blog-juniordoiphone

Levando um ano de grandes eventos, a Apple em maio revelou sua maior aquisição na história da empresa, a compra da Beats por U$3 bilhões.

O acordo, que encerrou em agosto, incluiu a contratação dos co-fundadores da Beats, o produtor de discos Jimmy Lovine e o rapper Dr. Dre. A Apple deve usar os dois para construir suas ligações com o mundo da música.

A Beats controla cerca de 60% do mercado da música, de acordo com o NPD Group, a marca provou ser popular com todo o mundo das celebridades. O serviço de streaming da beats custa cerca de U$10 por mês, ou U$100 por ano.

A aquisição mostrou uma nova direção que Tim Cook – que se tornou CEO da Apple em 2011 – estaria tomando para a empresa. A Apple, no passado, em grande parte evitavam esses tipos de grandes aquisições de empresas bem conhecidas, em vez disso optavam por comprar empresas menores mas com um grande potencial de talento tendo parte na tecnologia que a Apple constrói nos seus produtos. A Apple também faz o uso da sua própria marca o quanto possível, desde suas lojas físicas até em seu website, embora, neste caso, vai abrir espaço para outra marca, mantendo o nome beats.

Na foto, da esquerda para a direita, Eddy Cue (“cabeça” do iTunes), Dr. Dre (co-fundador da Beats e rapper), Tim Cook (presidente da Apple), e Jimmy Lovine (co-fundador da Beats, e produtor).

 

Contas iCloud de celebridades hackeadas;

Jennifer Lawrence

Jennifer Lawrence-jogos-vorazes

A Apple enfrentou fortes e pesadas críticas em setembro, após fotos nuas da atriz Jennifer Lawrence (foto), a modelo Kate Upton e várias outras celebridades terem sido roubadas de suas contas no compartilhamento de fotos do iCloud e compartilhadas por toda a internet.

A empresa disse que o ataque não era no iCloud em geral, mas sim, direcionado à celebridades. A Apple informou que os hackers invadiram os servidores para descobrir nomes de usuário, senhas e perguntas de segurança. Em resposta, Cook disse que a Apple iria reforçar suas medidas de segurança no iCloud, incluindo a adição de mais alertas aos usuários quando alguém tentasse fazer alterações em suas contas.

A Apple recomendou que os clientes usem sempre uma senha forte e que permita a verificação em duas etapas, para dificultar ataques de hackers.

 

O iPhone teve uma grande atualização!

Apple Inc. Reveals Bigger-Screen iPhones Alongside Wearables

A Apple levou mais de três anos para responder à tendência de smartphones com telas maiores, o iPhone 6 e 6 Plus tornaram-se grandes sucessos.

Com as vendas em setembro, a Apple anunciou seu maior lançamento de iPhone da história da empresa, o iPhone 6 (4,7 polegadas) e o iPhone 6 Plus (5.5 polegadas). No último trimestre, a Apple vendeu um recorde de 39,3 milhões de iPhones, um aumento de 16% em relação ao ano anterior e facilmente superando as previsões dos analistas, graças às 10 milhões de unidade vendidas no primeiro fim de semana.

“A demanda para os novos iPhones tem sido impressionante”, disse Cook durante uma conferência com analistas de outubro.

O iPhone é o eixo da linha da Apple, respondendo por mais da metade das vendas e cerca de 70% do lucro da empresa, de acordo com analistas. A Apple espera usar os novos iPhones para roubar clientes de rivais como Samsung e HTC, que têm saído com os telefones de tela grande por anos.

Os novos iPhones são um grande salto sobre a tela de 4 polegadas encontrada no ano passado nos iPhone 5, 5S e 5C. Além de ser mais fino e mais leve, ambos os modelos também incluem um processador de 64-bit A8 com gráficos melhorados, a câmera de 8 megapixels melhorada, maior duração da bateria e um chip NFC, que permite que você use o telefone para fazer pagamentos.

Enquanto os novos iPhones têm recebido críticas positivas, a Apple enfrentou um soluço de relatos de que os dispositivos podem entortar no bolso. Em meio à mini-polêmica, a Apple divulgou que apenas nove clientes contataram a empresa relatando sobre telefones dobrados, fazendo com que o problema seja “extremamente raro”.

 

A Apple quer substituir sua carteira;

MasterCard-Apple-Pay-blog-juniordoiphone4

Durante o evento de lançamento do iPhone 6 em setembro, a Apple lançou seu novo sistema de pagamento móvel, chamada Apple Pay.

Carteiras móveis oferecidos pelo Google, PayPal, Apple e outros, têm o objetivo de livrar os consumidores de seus cartões de crédito, cartões de fidelidade e cupons, usando apenas seus telefones. Mas, os consumidores até agora têm se recusado a adotar a nova tecnologia, vendo cartões de plástico, mais fáceis de usar.

O Apple Pay, que foi ao ar em outubro, poderia ter mais pessoas e países para usar o sistema de pagamento móvel, mas ainda é muito cedo para dizer se o novo serviço vai trazer grande mudança ou não.

Apesar dos desafios, não é surpresa que a Apple iria mostrar interesse na nova tecnologia. De acordo com pesquisas, o mercado global de pagamentos móveis vai atingir cerca de 720 milhões de dólares em operações no ano de 2017. Isso representa um aumento de cerca de 235 milhões de dólares no ano passado.

 

Finalmente, um novo produto;

apple-watch-blog-juniordoiphone5

Mais uma grande revelação no evento de setembro, foi o Apple Watch, primeira nova categoria de produtos da empresa desde que o novo iPad começou a ser vendido em 2010.

O SmartWatch é definido para chegar ao mercado em abril, a partir de 349 dólares. Ele vai trazer a Apple no mercado de smartwatches já competitivo, onde Fitbit, LG, Samsung, Motorola e outros já estão vendendo.

O novo dispositivo vem em três modelos – o Apple Watch comum (aço, alumínio e vidro), o Apple Watch Sports e o Apple Watch de ouro 18 quilates.

No evento de setembro, Cook descreveu o aparelho como um relógio de saúde “abrangente” e um perfeito dispositivo de fitness, walkie-talkie, e controle remoto para o streaming, além de diversas outras funções. Esses fatores por si só definem o dispositivo como superior aos smartwatches atuais, que tendem a simplesmente contar passos, fornecer notificações e executar aplicativos básicos.

Novos iPads;

ipad-blog-juniordoiphone6

Espera, não é apenas o iPhone? Não! A Apple atualizou também a sua linha de iPads; o iPad Air 2 que ficou mais fino, mais rápido e com leitor de impressões digitais, e o iPad mini 3 atualizado apenas com o leitor de impressões digitais. Ambos os modelos trazem agora a cor dourada.

No mesmo evento, a Apple também apresentou o novo iMac com display “5K”.

No último trimestre, as vendas de MacBooks e iMacs superaram as vendas do iPad pela primeira vez em mais de três anos, mesmo com as vendas de computadores pessoais caindo.

Tim Cook assume: “Eu tenho orgulho de ser gay.”;

cook-blog-juniordoiphone7

Cook diz que não escondeu o fato de que ele é gay, com a esperança de fazer a sua parte para ajudar as outras pessoas na comunidade gay que se sentem incomodados, ele escreveu uma coluna para Bloomberg Businessweek em outubro, dizendo: “Eu tenho orgulho de ser gay.”

“Se ouvir que o CEO da Apple é gay pode ajudar alguém a lutar para chegar a um acordo com quem ele ou ela é, ou trazer conforto para quem se sente sozinho, ou inspirar as pessoas a insistirem em sua igualdade, então vale a pena abrir mão da minha própria privacidade.” Disse Cook.

Cook disse que ele considera ser gay como um dos “maiores dons que Deus me deu”, fornecendo-lhe mais empatia e uma maior compreensão de outros grupos minoritários.

“Tem sido difícil e desconfortável às vezes, mas ele me deu a confiança para ser eu mesmo, a seguir o meu próprio caminho, e a superar as adversidades e intolerância”, escreveu ele.

O valor da Apple chega a 700 bilhões de dólares;

Applemoney-blog-juniordoiphone8

Os investidores da Apple têm motivos de sobra para comemorar em 2014.

A empresa de maior valor no mundo, viu seu valor de mercado chegar a 700 bilhões de dólares ano passado. A Apple tem enfrentado pressão dos acionistas, incluindo o investidor Carl Icahn, para dar a volta em alguns de seus estoques de dinheiro. Em meio a essas chamadas, a Apple no início deste ano aprovou um grande aumento de seu programa de dividendos e recompra de ações, juntamente com o desdobramento de ações. A empresa naquela época impulsionou a quantidade de dinheiro que planeja retorno aos acionistas por cerca de U$30 bilhões para mais de U$130 bilhões.

Se a Apple pôde manter os consumidores e investidores emocionados e satisfeitos em 2014, então veremos o que nos aguarda para o ano de 2015!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *